sábado, 31 de julho de 2021

A China Tem um Plano Para ERRADICAR os Homens Efeminados

 
A China e o Partido Comunista da China, são cada vez mais o exemplo daquilo que um Estado deve fazer para defender e proteger verdadeiramente o seu povo. Os "cegos" que insistem em não ver como a China pode e deve ser uma aliada natural dos nacionalistas no Ocidente, irão a seu tempo perceber o grave erro que estão a cometer. 

Os inimigos da Civilização já estão "a afiar as espadas", no sentido de destruir a República Popular da China, porém, desta vez estes servos de Satanás vão fracassar por completo. A China é uma Nação inquebrável, tanto do ponto de vista económico, como militar e se juntarem a esta equação a Rússia, mais o Irão e todos os aliados destas nações, poderão facilmente constatar como e porque é que o Ocidente - principalmente, os EUA/NATO/UE/Israel - vai necessariamente perder qualquer tipo de conflito em que se envolva com a China e os seus aliados no Mundo.

Porque é Que o Regime Cubano é um Alvo a Abater Para o Império Anglo-Sionista?...

 

Na realidade, o que se está a passar em Cuba é, isso sim, uma batalha entre as forças da Nova Ordem Mundial por um lado e o Mundo Livre por outro. De um lado, têm os tarados dos EUA/NATO/UE/Israel, que estão intentos em controlar o globo terrestre e que com as "cantigas" da "democracia liberal", pretendem "progressivamente" subjugar a Humanidade ao poder sionista internacional. Do outro lado, têm o Mundo Livre, o Mundo Civilizado, liderado pela Rússia, a China e o Irão, que estão hoje activamente a resistir e a combater com tremendo sucesso a cabala sionista internacional em curso.»

De resto, o regime castrista tem cometido muitos erros no que diz respeito à gestão da sua economia e o próprio Presidente Miguel Díaz-Canel - que é considerado um moderado do regime com tendências reformistas - já começou a reconhecer tal facto. O modo de produção socialista adoptado por Cuba, pura e simplesmente, não funciona. O regime e o povo cubano só teriam a ganhar em levar a cabo algumas reformas, na linha daquelas que Deng Xiaoping implementou na China e que transformaram a China numa superpotência económica e militar. Miguel Díaz-Canel tem neste momento a oportunidade de ficar na história de Cuba como o grande reformador económico do País. Com sanções ou sem sanções da parte do Império, Cuba tem todo o potencial para explodir em termos económicos e tornar-se um dos países mais prósperos da América Latina. O Partido Comunista de Cuba e o Presidente Miguel Díaz-Canel, irão cometer um erro histórico muito grave, se insistirem em continuar com o modelo económico falido que têm seguido até aqui.

quinta-feira, 29 de julho de 2021

A Pimentela Revela-se...

 
A Pimentela das estórias da carochinha e do João Ratão, foi recentemente dar uma entrevista sobre o seu último livro - Holocausto - à Associação Lusa Portugueses Por Israel

Esta esquerdinha da treta que temos em Portugal, pouco a pouco, vai mostrando e revelando ao que vem. A Pimentela hipócrita há anos que anda a querer dar lições de moral aos outros sobre o Holocausto e direitos humanos, mas pelos vistos não tem problemas em colaborar abertamente com uma associação dedicada à defesa do Estado Terrorista de Israel, que há 73 anos está a cometer um autêntico genocídio na Palestina ocupada.

A Irene Pimentel está de parabéns e já agora, pode juntar-se ao CHEGA do André Ventura e irem todos juntos a Telavive beijar o anel ao Naftali Bennett. 

Shalom!   
 

Presos Por um Fio - Portugal e as FP-25 de Abril | Reportagem Jornal da Noite - SIC | 20/04/2021

 
Convém recordar esta coisas, enquanto as cinzas do mentiroso, traidor à Pátria e terrorista condenado em tribunal, Otelo Saraiva de Carvalho, ainda estão quentes. 

Seria interessante saber, no entanto, se todos esses abrileiros do cravo falido - que por aí andaram histéricos nas redes sociais e na comunicação social nos últimos dias - continuariam a defender o Otelo, se tivesse sido a mãe ou o pai deles, a levar com uma bomba no carro, ou com duas balas na cabeça, da parte das FP-25 de Abril. 

A hipocrisia e filha da putice do estrume de Abril é infinita...


Nem no Anterior Regime, Com a Célebre "Brigada do Reumático", se Viu Uma Coisa Destas...

 A bandeira de Portugal a ser conspurcada, em cima do caixão de um sujeito que em vida fez tudo o que pôde para destruir Portugal e reduzir os portugueses a meros escravos do poder internacional sionista, que é quem manda efectivamente em Portugal, desde 25 Abril de 1974.
 

Não deixa de ser curioso notar como no funeral do Otelo - que se realizou ontem - a maioria dos que estavam presentes serem gente dos cinquenta anos para cima. Isto simboliza bem a decadência a que o actual regime que governa Portugal, está entregue. Ainda há dias surgiu no telejornal da RTP, a comentar a morte do Otelo, um general "de Abril", completamente apático e que mal conseguia balbuciar uma única palavra. Nem no anterior regime, com a célebre "Brigada do Reumático", se viu uma coisa destas. 

A Terceira República, está definitivamente nas mãos de velhada senil e a decomposição do regime, em termos de capital humano, está à vista de todos. Por este andar, não faltará muito para os vermos, patéticos e desgraçados, a ir de arrastadeira numa mão e cravo murcho na outra, tirar selfies com o Mr. Bean de Belém.

A UE Prepara-se Agora Para Proibir e Perseguir os Memes Ditos de "Extrema-Direita" Nas Redes Sociais

 
Como só podia ser... a esquerda contemporânea nunca conseguiu fazer memes para competir com a direita nacionalista, pelo simples motivo de que a esquerda que hoje existe na UE e nos EUA, é tão estéril em termos de ideias e tão desprovida de qualquer sentido de humor, que ninguém liga ao que esses badamecos têm para dizer. 

Pior ainda, os memes criados pela direita nacionalista, são altamente apelativos para as camadas mais jovens e a esquerda entra automaticamente em pânico com isto, pois ficam aterrorizados com a perspectiva de virem a perder a autentica guerra cultural, que está em curso nas redes sociais. 

Portanto, desesperados e reduzidos basicamente ao apoio dos baby boomers que já estão com "os pés para a cova", o que faz a esquerdinha neomarxista? Ora essa, vai fazer queixinhas a Bruxelas e com o apoio dos rapazes financiados por George Soros, prepara-se então agora para proibir e perseguir os memes ditos de "extrema-direita" nas redes sociais. Escusado será dizer que a UE vai falhar, pois quanto mais esta censura apertar e quanto mais os nacionalistas forem perseguidos, mais os mesmos vão aumentar o grau da resistência e de combate contra a ditadura de Bruxelas que, verdade seja dita, é apenas uma "correia de transmissão" do Império Anglo-Sionista.

Isto é a Imprensa "Livre", "Democrática" e "Independente", a Que os Ocidentais Neste Momento Têm Direito

  
Retirado daqui.
 
A imagem de cima é o retrato perfeito da imprensa "livre", "democrática" e "independente", a que os ocidentais neste momento têm direito. Como podem constatar, a ziomedia nunca faz propaganda, nem dissemina desinformação a nível diário. Nada disso, meus caros. Todos sabemos que só na Rússia e na China, é que a imprensa é controlada pelo Estado e como todos os goyim também sabem, nós temos de combater a Rússia e a China. A ziomedia assim o diz e se os sionistas que controlam quase por completo os media ocidentais, nos dizem que temos combater a Rússia e a China, então nós temos de combater a Rússia e a China!

Joe Biden, Merkel, Boris Johnson, Macron e o Pai Kosta, estão todos a pensar no nosso bem colectivo. O Papa Francisco - esse santo imaculado da Igreja Católica - também está a pensar no nosso bem colectivo e a rezar por todos nós. Durmam tranquilos, meus caros goyim. Descansem tranquilos, pois já não falta muito para chegarmos a 1984...   

   

quarta-feira, 28 de julho de 2021

Quando é Que a Direita Vai Perceber Que Portugal Perdeu o Ultramar Principalmente Por Culpa Das Más Decisões de Salazar?


José Pinto-Coelho, o Presidente do Ergue-te, assinalou ontem o dia da morte de Salazar:

«Hoje assinala-se o dia da morte de Salazar (27 de Julho de 1970).  O Homem e a sua obra, por muito que sejam votados ao silêncio ou à calúnia, perdurarão para sempre, sobretudo no respeito e no coração de muitos portugueses.

A direita nacionalista em Portugal, vive mentalmente sequestrada por Salazar e enquanto isto não for ultrapassado, nunca vai sair da sarjeta miserável em que se enfiou. 

Salazar foi um bom ministro das finanças, mas verdade seja dita, numa altura em que não existia qualquer Estado social em Portugal, não havia pensões, não havia serviço nacional de saúde e a escola pública estava reduzida à quarta classe, seria assim tão difícil ser Ministro das Finanças?...

A nível diplomático Salazar foi no máximo medíocre. Isto é a minha opinião, quem quiser discordar de mim, que o faça, mas pelo menos leiam este escrito até ao fim com atenção e reflictam sobre tudo aquilo que eu aqui afirmo, antes de me lançarem a primeira pedra. Pode ser? 

Como eu dizia, a nível diplomático, Salazar foi no máximo medíocre. Isto porque, o Presidente do Conselho deixou-se aproximar demasiado dos fascismos europeus nas décadas de 1930/1940 e posteriormente, quando os fascismos foram derrotados na Segunda Guerra Mundial, Salazar ficou ideologicamente órfão e teve de se reinventar, passando a projectar uma imagem do político conservador típico da década de 1950. 

Eventualmente, o maior desafio de Salazar, foi a Guerra do Ultramar e aqui Salazar, devido ao isolamento diplomático em que ele próprio colocou Portugal, inevitavelmente acabou "orgulhosamente sós". Ora, alguém no seu bom juízo pode considerar que isto é que é "habilidade" diplomática?!...

Salazar era obcecado "até ao tutano" com o Comunismo e a URSS e em lugar de ficar totalmente neutro durante a Guerra Civil de Espanha e limitar-se a proteger as fronteiras de Portugal, Salazar apostou em apoiar abertamente o regime de Franco. A URSS tomou nota disto e só quem não conheça os russos e o seu eterno espírito de vendeta, é que pode não saber o que isto inevitavelmente iria significar no futuro para Salazar e Portugal...

Posteriormente, durante a Segunda Guerra Mundial, Salazar achou por bem vender volfrâmio à Alemanha Nacional-Socialista e discretamente, apoiou o envio de combatentes portugueses para a frente leste, que foram combater integrados na Divisão Azul. Mais uma vez, a URSS tomou pormenorizadamente nota disto tudo...

Chegados às décadas de 1950/1960, começaram a soprar os célebres "ventos da história" e as exigências de "descolonização" - tanto da parte dos EUA, como da URSS - começaram a apertar cada vez mais. Salazar, em consequência da sua grande "habilidade" em termos de política externa, estava praticamente isolado no concerto das nações e a maldita NATO, para onde Salazar em má hora arrastou Portugal, virou-lhe literalmente as costas. 

A URSS por sua vez, tinha contas a ajustar com Salazar e Portugal, não só por causa da Guerra Civil de Espanha, mas principalmente, por causa do apoio de Salazar à invasão nazi-fascista da URSS, que resultou na morte de mais de vinte milhões dos seus cidadãos. O volfrâmio vendido por Salazar a Hitler e utilizado para sustentar a máquina de guerra alemã, contribuiu directamente para esta matança

Os crimes cometidos pela Wehrmacht contra a população soviética, foram do mais cruel e sanguinário que se pode imaginar e foi em grande parte com volfrâmio português - usado para endurecer a blindagem dos tanques alemães e os penetradores das munições anti-tanque - que os alemães executaram sevícia após sevícia contra os vários povos que viviam na União Soviética. Tudo isto, diga-se de passagem, todo este pesadelo, foi desde o primeiro dia financiado pela alta finança de Wall Street, que foi a principal responsável pelo rearmamento da Alemanha e o "milagre" económico Alemão da década de 1930. Hitler foi criado e alimentado desde o início pelos Rothschild, que de tudo fizeram para provocar uma guerra entre a Alemanha Nacional-Socialista e a União Soviética.

A URSS, no velho espírito russo de vendeta a todo o custo, tinha de ajustar contas com Portugal. Era inevitável que fosse ajustar contas com Portugal. Os russos, pura e simplesmente, nestas coisas não perdoam e são capazes de esperar décadas para concretizar uma vingança, mas também são capazes de arriscar tudo para salvar a vida a um amigo. Duvido muito de que Salazar estivesse devidamente informado sobre este aspecto cultural da URSS, no momento em que ele decidiu começar a exportar toneladas de volfrâmio para o regime lunático de Hitler.

A má decisão de Salazar, no sentido de apoiar Franco, Mussolini e Hitler, condenou o Ultramar português de forma fatal. A traição da parte dos EUA/NATO (esperavam outra coisa?...) e a golpada de 74, liderada pelo recém-falecido Otelo, fizeram o resto. A história, infelizmente, por vezes é assim.

Quanto aos EUA que traíram Portugal em África, fiquem descansados, pois eles vão ser o próximo alvo da eterna vendeta russa. Putin tem contas a ajustar com os americanos e principalmente, com os supremacistas judeus que pilharam a Rússia e levaram a mesma ao limiar do abismo na década de 1990. Os ianques e os israelitas não se vão ficar a rir, disto podem todos ter a certeza...

O Pai Kosta Está Apenas a Pensar no Nosso Bem Colectivo

    Retirado daqui.
 

Fiquem tranquilos, o Pai Kosta - certamente inspirado pelo feitos do terrorista Otelo que vai hoje a enterrar - está apenas a pensar no nosso bem colectivo e no nosso bem-estar. A entrada maciça de migrantes em Portugal, está a garantir que milhares de empregos precários, a recibos verdes e com um salário mínimo de 665 euritos por mês, vão continuar a ser empregos precários, a recibos verdes e com um salário mínimo de 665 euritos por mês. 

Isto já se sabe que a burguesia xuxa também tem de comer e por isso mesmo, precisa da mão-de-obra migrante para manter os salários dos portugueses sempre e eternamente baixos 😉. 

Tal como o Pai Kosta, o Partido Xuxialixta e o Bloco de Esterco nos ensinaram: "os migrantes vêm fazer os trabalhos que os portugueses não querem fazer" e claro, a minha preferida, "o futuro pertence aos melhores e os melhores são os que partem!"

 

terça-feira, 27 de julho de 2021

Porque é Que Ramalho Eanes Não Vai Mas é Antes Para o Caralho?!

 
Eu não queria, mas vou ter de voltar a fazer uso de linguagem baixa e ordinária, a propósito (mais uma vez...) daquilo que se está a passar em torno da morte de Otelo Saraiva de Carvalho e que ilustra bem o grau de loucura e insanidade, que se apoderou da elite que está desde 1974 aos comandos de Portugal e que só tem cometido erros, atrás de mais erros e ainda mais erros. 

O último destes erros são as declarações do ex-Presidente Ramalho Eanes, que veio agora defender que Otelo Saraiva de Carvalho tem e passo a citar "direito a lugar de proeminência" na história.

Depois de ter lido estas afirmações, só me ocorreu perguntar porque é que Ramalho Eanes não vai mas é antes para o caralho?! A sério, é que sempre fazia melhor figura a ir para o caralho, do que a proferir alarvidades inúteis na comunicação social.

O regime criminoso, traidor e genocida que está hoje instalado no poder em Portugal, nem tem ponta por onde se lhe pegue e não, não é uma "democracia", nem nunca foi uma "democracia". Esta é, aliás, a maior mentira de todas as que andam a pregar ao povo português vai para quase meio século. O actual regime, está todo "blindado" contra qualquer verdadeira oposição e foi arquitectado de raiz, para criar a ilusão de "democracia" nas massas, que julgam ingenuamente que vivem numa "democracia"  e têm algum poder, só porque podem colocar um papelinho numa urna de quatro em quatro anos. Ora, tudo isto é uma tremenda e escandalosa mentira e constitui uma fraude monumental, destinada a levar a população ao engano. 

O regime que temos hoje em Portugal e que nos foi imposto à força por militares estúpidos - que só mereciam era levar bofetada na cara até ficarem com as trombas todas rebentadas - é uma ditadura disfarçada de "democracia" e é uma ditadura onde quem manda verdadeiramente e vou repeti-lo de novo e irei repeti-lo as vezes que forem necessárias, é o poder sionista internacional, nomeadamente, o Império Anglo-Sionista, que controla por completo a UE e utiliza a NATO como uma ferramenta de projecção de poder no Mundo. 

A verdade é que Portugal não passa hoje de uma colónia do Império Anglo-Sionista e os portugueses, esses, não têm direito a nenhuma "autodeterminação" real e efectiva. A esquerda hipócrita que nas décadas de 1960 e 1970 dizia estar muito preocupada com a tal "autodeterminação dos povos africanos", agora é a mesma esquerda que não vê qualquer problema em alinhar por inteiro com a agenda genocida do Imperialismo Anglo-Sionista e da Nova Ordem Mundial.

Se Portugal e o povo português não se libertarem desta cabala satânica e não enviarem para o "caixote de lixo da história" e de uma vez por todas, este regime apócrifo e criminoso que sequestra Portugal há 47 anos, o País estará condenado ao desaparecimento definitivo no médio/longo prazo

segunda-feira, 26 de julho de 2021

"Couve Sónica do Contra" (Isabelle Chase Otelo Saraiva de Carvalho)

    
 

Couve Sónica do Contra, eis a música apropriada para ser tocada no funeral do Otelo Saraiva de Carvalho, que se vai realizar na próxima quarta-feira. A letra é a mais adequada possível ao momento e o nome desta banda histórica de Coimbra - Isabelle Chase Otelo Saraiva de Carvalho - é a homenagem perfeita ao "estratega do 25 de Abril", que nos trouxe a todos a "ampla liberdade" de sermos diariamente fodidos por um bando de filhos da puta que até metem nojo ao Diabo (pardon my french...). Já agora, não se esqueçam de colocar o som no máximo possível. 😉

domingo, 25 de julho de 2021

Otelo, Salazar, a Guerra do Ultramar e Algumas Nótulas Sobre História Soviética

 
Na autêntica "guerra electrónica" que vai por aí nas redes sociais e caixas de comentários dos jornais, a propósito da morte de Otelo Saraiva de Carvalho, esquece-se o essencial por ignorância ou por omissão propositada, devido a desonestidade intelectual. Ora, o essencial a reter aqui neste caso, sobre esta figura alegórica que acabou de falecer, é que Otelo Saraiva de Carvalho, foi o arquitecto de um golpe de Estado pré-combinado com Marcelo Caetano, que entregou Portugal "de bandeja" nas mãos da família Rothschild e da elite anglo-sionista, que neste momento já infiltrou e controla quase por inteiro todas as instituições  políticas, económicas e sociais de Portugal. Quem não acreditar nisto que eu aqui afirmo, só precisa de observar o grau de subserviência a Israel da parte do governo português, que sistematicamente se curva perante todas as organizações onde a "mão invisível" de Telavive e da Mossad, são quem puxa verdadeiramente "os cordelinhos". As recentes declarações hostis para com a Rússia, tanto da parte de António Costa, como de João Gomes Cravinho, são a prova absoluta de como o governo português está inteiramente nas mãos das forças da Nova Ordem Mundial
 
E porquê este ódio todo à Rússia, perguntarão muitos de vós? Porque é que os sionistas querem empurrar a UE e os EUA, para um conflito com a Rússia? Pois bem, o motivo para tal é porque a Rússia continua hoje a ser o maior obstáculo geopolítico que o Império Anglo-Sionista tem pela sua frente. Mais ainda do que a China, a Rússia - cristã ortodoxa e nacionalista - liderada por Vladimir Putin, representa aquilo que a elite anglo-sionista mais odeia, despreza e pretende destruir a todo o custo. No meio de tudo isto, gente como António Costa não passam de meros "papagaios" da Nova Ordem Mundial, que apesar de não terem qualquer poder de decisão nas questões-chave da cabala em curso, têm o poder suficiente para a mando da elite anglo-sionista, destruírem os países que (des)governam. É isto que António Costa está a fazer. Foi isto que Passos Coelho fez. Idem para Sócrates e todos os outros "democratas", que desde 1974 têm muito "progressivamente" aberto o caminho para a destruição e o fim histórico de Portugal.

O objectivo da pseudo-democracia à moda kosher, que foi imposta aos portugueses em consequência da golpada de 74, foi sempre o de abrir o caminho para que os supremacistas judeus que puxam "os cordelinhos" a partir de Washington, Londres, Paris, Berlim, Bruxelas e Telavive, pudessem ter mão livre para gradualmente ir dominando Portugal rumo ao desmantelamento total do País. 

Salazar e Marcelo Caetano, têm igualmente graves culpas por tudo isto, pois não só isolaram diplomaticamente Portugal do Mundo Comunista - o que impediu logo à partida qualquer resolução pacífica da questão do Ultramar com os soviéticos - como também falharam em educar e alertar a população sobre os perigos da infiltração anglo-sionista em Portugal.

A URSS podia e devia de ter sido uma aliada de Portugal em África e a única coisa que Salazar precisava de fazer para atingir tal objectivo, era sair da NATO e ceder algumas bases em África aos soviéticos. Isto teria bastado para salvaguardar a integridade territorial de Portugal, tanto na Europa, como em África. Simultaneamente, seria possível acalmar o PCP, que recebia ordens directamente de Moscovo e que por isso mesmo, até faria uma coligação com a União Nacional de Salazar, se a URSS assim lho ordenasse. Tenho a certeza absoluta de que uma conversa séria e lúcida, frente a frente, com os diplomatas soviéticos da época em questão, teria permitido ao regime de Salazar resolver a questão do Ultramar num curto espaço de tempo, de forma pacífica e que teria salvado centenas de milhares de vidas que teriam sido poupadas à tragédia tanto da guerra, como da descolonização. 

No entanto, todos sabemos que para Salazar era impensável fazer qualquer aliança estratégica com a URSS, porque esta era vista como a encarnação do "mal supremo" pelo regime Salazarista. Na verdade, aquilo que muitos no Ocidente não sabem é que Estaline já tinha erradicado uma larga parte do tal "mal supremo", aquando das suas purgas na década 1930, que dizimaram literalmente uma considerável parte dos supremacistas judeus que estavam infiltrados no aparelho de Estado soviético. Viktor Suvorov - cujo nome real é Vladimir Rezun - foi ele próprio um dissidente soviético condenado ao exílio e que escreveu um livro "proibido" e tanto quanto eu sei nunca publicado no Ocidente, sobre as purgas de Estaline, que se intitula precisamente A Purificação. O grande paradoxo de Rezun, é que sendo ele um dissidente soviético não condena, mas sim, defende e justifica as purgas de Estaline! O motivo para tal, é que segundo Rezun, a esmagadora maioria dos purgados por Estaline, eram eles próprios assassinos e carniceiros, que haviam cometido crimes atrozes contra a população soviética, especialmente durante o período do Terror Vermelho (1917 - 1922). Muitos destes carniceiros, verdade seja dita, eram judeus e eram visceralmente odiados pela população russa, que os bolcheviques subjugaram das formas mais sangrentas que se pode imaginar. Estaline, pura e simplesmente, decidiu matá-los e matou-os a ponto de não restarem praticamente nenhuns vivos, nem em solo soviético, nem no estrangeiro.  O próprio judeu Leon Trotsky, que era quem a elite anglo-sionista queria ver aos comandos da URSS, foi assassinado a mando de Estaline. O Saker explica tudo isto melhor do que eu:

«This is especially true of Rezun for another, special, reason.  Long AFTER he wrote his books about how Stalin wanted to attack Germany, Rezun wrote an absolutely amazing historical book entitled “The Purification” (“Очищение”) in which he not only revisits Stalin’s purges but in which he brilliantly defends them. If you understand Russian I urge you to read the book (you can download it in Russian and for free here).  The key thesis of the book is as follows: Stalin understood that the first generation of Bolsheviks were superbly skilled at massacring innocent civilians in huge numbers, but as military commanders they were big fat ZEROs (including Marshal Tukhachevskii whom folks in the West always present as some kind of military genius – which he sure was not!). Furthermore, by the mid-1930s Soviet Russia was really cracking and almost collapsing due the hatred most Russians have for their persecutors and torturers, thus while the bloody purge of the Secret Police and Party was seen by these elites (and their Trotskyst supporters abroad) as a “horrible purge”, for most common people this purge must have looked like a liberation and justified execution of the worst of the worst of the Bolshevik monsters.  Furthermore, Rezun makes very interesting comparisons between Stalin’s generals and Hitler’s – and he concludes that Stalin had a much better lot (towards the end of the war, Hitler agreed, by the way).  I find that thesis very compelling and I hope that one day “The Purification” will be translated into English.»

Que fique bem claro que nem o Saker, nem eu, queremos branquear os crimes de Estaline, que foram imensos e variados. Se é verdade que muitos dos que foram mortos por Estaline, eram eles próprios assassinos e carniceiros sem escrúpulos, também é verdade que Estaline matou muita gente inocente e cometeu autênticas barbaridades contra a Igreja Ortodoxa Russa. Porém, é também um facto que a URSS após Estaline, já não era a mesma URSS que havia sido fundada por Lenine e Trotsky em 1922, com o apoio financeiro dos supremacistas judeus radicados em Wall Street, que apoiaram a Revolução Bolchevique desde o início. É mais do que claro que os Rothschild e a elite anglo-sionista, tinham intenções de utilizar o Comunismo para espalhar o caos no Mundo, muito à semelhança daquilo que hoje fazem no Médio Oriente com a propagação do Wahhabismo. O problema desta estratégia, no entanto, é que o Comunismo, tal como o Capitalismo e qualquer outra ideologia já agora, é "pau para toda a obra", que pode ser manipulado e ajustado conforme as conveniências de quem está no poder. Na China, a título de exemplo, é mais do que patente que o regime comunista conseguiu estabilizar a sociedade e em lugar de caos e destruição, trouxe ordem, progresso e muito, muito dinheiro para os cofres do País. O Partido Comunista da China arrancou a população chinesa da mais profunda miséria e pobreza e criou uma superpotência que está a caminho de superar os EUA a todos os níveis. Quem duvidar disto, só precisa de ir à República Popular da China pessoalmente e poderá constatar com os seus próprios olhos, como a China está hoje na vanguarda da tecnologia e da ciência em muitos aspectos e em breve, deixará para trás o Ocidente das tais "democracias liberais" pseudo-avançadas. 

Duvido muito que Salazar, Marcelo Caetano e muito menos o Otelo, tivessem uma noção realmente aprofundada da realidade soviética e comunista em geral. Salazar, que não sendo um sabujo, era certamente muito influenciado pela Igreja Católica (que era também uma inimiga histórica da Igreja Ortodoxa...), fez da URSS um "bicho papão" que tinha de ser combatido a todo o custo e esse "custo", acabou por ser o Ultramar Português, que inglória e erradamente - sem a realização de qualquer referendo junto da população residente - foi entregue de forma gratuita nas mãos de loucos e irresponsáveis arvorados hoje a "heróis" não sei do quê.  

Não há Palavras Que Consigam Descrever as Atrocidades Cometidas Pelo Terrorismo Apoiado Pelos EUA/NATO na Síria

 
Não há palavras que consigam descrever as atrocidades cometidas pelo terrorismo apoiado pelos EUA/NATO na Síria:

https://www.rt.com/op-ed/530082-attacked-syrian-civilians-us-weapons/

Os vários grupos terroristas apoiados directa ou indiretamente pelos EUA/NATO e a UE na Síria, estão a cometer crimes contra a Humanidade, com armamento que lhes é fornecido pelo Ocidente "democrático" e dos "direitos humanos". Em Idlib, há crianças a ser assassinadas com armamento made in USA e a infraestrutura civil está a ser propositadamente bombardeada e destruída pelos "rebeldes" amigos do Ocidente, tudo com o objectivo de obrigar os civis a fugir de Iblib, numa clara tentativa de limpeza étnica, na qual a Turquia do senhor Erdogan tem graves responsabilidades. 

Como se toda esta desgraça que se abateu sobre Idlib já não bastasse, o terrorismo apoiado pelo Ocidente na Síria, está agora também a fazer uso de munições incendiárias, que são disparadas propositadamente contra campos agrícolas, numa táctica que visa não apenas provocar fomes artificiais entre a população civil, mas também levar ao abandono dos campos cultivados e das terras por parte dessa mesma população civil. 

Escusado será dizer que a "mão invisível" de Israel está por detrás de todo este horror infligido à Síria e não só. A CIA - ao abrigo da operação Timber Sycamore e com a mais do que certa colaboração da Mossad e outros serviços secretos ocidentais - forneceu mais de um bilião de dólares em armas aos terroristas que consideravam como sendo "moderados" na Síria. Estas armas acabaram quase todas por cair nas mãos de grupos wahhabitas como a Al-Qaeda e o Estado Islâmico. A explicação oficial do Pentágono, que se desculpa alegando que tudo aconteceu por mero "acidente" e de forma "misteriosa", não é minimamente credível. 

O Pentágono e o governo americano, sabiam perfeitamente bem aquilo que estavam a fazer na Síria desde o início, tal como a UE também sabe que muita da ajuda supostamente "humanitária" que envia para a Síria, vai directamente para a mão dos terroristas da Al-Qaeda e do Estado Islâmico. Nada, repito, nada disto aconteceu e acontece na Síria por mero "acidente". Bem pelo contrário, toda esta cabala satânica que se abateu sobre a República Árabe Síria e o seu martirizado povo, foi cuidadosamente calculada e preparada em Telavive e Washington e está inteiramente de acordo com o Plano Oded Yinon, que visa desestabilizar todo o Médio Oriente, de forma a abrir o caminho para o estabelecimento do "Greater Israel"

Ora, perante isto, perante todo este terror sem limites, onde é que se encontram os protestos e as indignações dessa nova direita supostamente "anti-sistema", que por aí anda? 

Alguém ouve André Ventura a defender a saída de Portugal dessa organização terrorista que dá pelo nome de NATO/OTAN e que só envergonha o nosso País?

Alguém vê o CHEGA a denunciar o Sionismo Internacional que é hoje, de longe, a maior ameaça à paz e estabilidade no Mundo?

Alguém vê a senhora Le Pen ou o senhor Orbán, a denunciar abertamente o lobby sionista e os seus tentáculos profundíssimos em praticamente todos os governos, instituições e bancos ocidentais?

Matteo Salvini - que nunca passou literalmente de um escroque - até chegou ao ponto de celebrar uma aliança com o psicopata Netanyahu e alguns asnos que andam por aí a espalhar desinformação nas redes sociais, ainda consideram que isto sim, isto é que é um bom exemplo do "Nacionalismo" e "Patriotismo" europeus!

Ademais, a verdade é que os únicos países no Mundo que hoje abertamente enfrentam e combatem activamente o poder sionista internacional, são e eu já o repeti inúmeras vezes, a Rússia, a China e o Irão. Ainda na semana passada, foi precisamente com sistemas de defesa anti-aérea russos, que a Síria se conseguiu defender com sucesso de mais um criminoso bombardeamento israelita. Os EUA e a UE, como já é hábito, mantêm-se silenciosos perante estas continuadas agressões israelitas, que são total e completamente ilegais ao abrigo do direito internacional em vigor. Ontem, por sua vez, aterrou em Damasco um avião russo com 160 toneladas de ajuda humanitária e esta sim, é ajuda humanitária que vai ser distribuída a quem realmente precisa da mesma, ao contrário da "ajuda humanitária" do Ocidente, que por "acidente" como afirma o Pentágono, vai parar directamente às mãos dos terroristas.

A verdade sobre aquilo que as ditas "democracias liberais" do Ocidente têm feito à Síria e ao Médio Oriente em geral, acabará eventualmente por vir ao de cima, estou certo disto. Os povos do Ocidente, a seu tempo e através de diversas formas e meios, irão descobrir como a classe política que os governa, seja nos EUA ou na UE, não passa de um bando de maníacos genocidas com poder a mais e é gente que, a meu ver, deveria de ser toda presa e exemplarmente julgada por crimes contra a Humanidade.

O Debate Sobre o "Negacionismo do Holocausto"

 

sábado, 24 de julho de 2021

O Ensino Superior em Portugal Está Definitivamente Nas Mãos de Loucos, Corruptos, Incompetentes e Tarados Sem Escrúpulos


O neo-marxista Boaventura de Sousa Santos e o filho, acabam de ser nomeados pelo governo do Pai Kosta, para um "tacho" no Conselho Nacional de Ética Para as Ciências da Vida:

https://observador.pt/2021/07/23/pai-e-filho-nomeados-para-conselho-nacional-de-etica-para-ciencias-da-vida-ambos-rejeitam-conflito-de-interesses/

Julgo que uma boa parte das pessoas que conheçam o mínimo sobre o que realmente se está a passar em Portugal, por esta altura, já tenham percebido que a esquerda neo-marxista - seguidora das teses apócrifas da Escola de Frankfurt - tomou praticamente por completo o controlo das universidades públicas portugueses, principalmente no campo das Humanidades. Foi, aliás, precisamente com o fim de aprofundar o grau de controlo que estes filhos da puta exercem sobre o ensino superior em Portugal, que foi criado o famoso Centro de Estudos Sociais em Coimbra (CES), que mais não é do que um centro de propaganda neo-marxista, financiado com dinheiro do erário público. 

Só para que tenham uma noção mínima do que esta gente está a fazer com o dinheiro de todos nós e de como já não existe qualquer noção do ridículo nas universidades públicas portuguesas, posso-vos dizer que esta mesma semana foi notícia que o CES anunciou que vai conceder o grau de "Mestre" ao rapper brasileiro Emicida. Ora, o que é que Emicida fez para merecer que a mais antiga universidade de Portugal, lhe ofereça "de bandeja" um título de "Mestre"? Tanto quanto eu sei, nada! No entanto, sei a 100% e até aposto com quem quiser que se Emicida fosse branco e loiro em vez de mulato, por melhor rapper que ele fosse, já não teria a grande "honra" de ser agraciado com o título de "Mestre" pelo CES do professor Boaventura. 

O ensino superior em Portugal está definitivamente nas mãos de loucos, corruptos, incompetentes e tarados sem escrúpulos. Isto é triste, muito triste, mas fiquem todos descansados, porque Portugal ainda não bateu no fundo e a "coisa" ainda vai ter de apodrecer muito mais em todos os sentidos, até que a "bolha" rebente de vez. Quem sobreviver, no fim logo apanha os cacos que sobrarem desta ruína de País...   
   
Emicida a demonstrar porque é que ele merece ser "Mestre" pela Universidade de Coimbra:

sexta-feira, 23 de julho de 2021

Parece Que a Superioridade Militar de Israel Está a Chegar ao Fim...

 
Isto aconteceu ontem. Tal como já foi prometido pelo Eixo da Resistência, a Síria será defendida até à última gota de sangue se necessário e os psicopatas depravados do Estado Terrorista de Israel, não vão conseguir levar os seus planos genocidas a bom porto. 
 
De resto, o pesado investimento que a Rússia e o Irão têm feito no sentido de fortalecer o sistema integrado de defesa anti-aérea da Síria, está nitidamente a dar os seus frutos. Os Buk-M2E e os militares sírios que operam os mesmos, estão de parabéns. 
   

Ken O'Keefe: "Está na Hora de Prender os Traidores na Casa Branca/Congresso" - ACABEM COM O FED!

 
   

Ken O'Keefe só diz verdades e verdades daquelas que não verão nenhum "analista", "professor" ou "comentador", a proferir na TV pseudo-portuguesa que é controlada pelos fernandes, galinhas, ferreiras, andrades, santos e balsemões do Clube Bilderberg e quejandos. Esta tralha bem que pode mentir o que quiser, que isso não vai impedir a verdade de eventualmente vir ao de cima e os psicopatas que estão por detrás da Nova Ordem Mundial, acabarão por ver o seu dia chegar e talvez até mais depressa do que todos pensam... A Rússia, a China e o Irão não estão para aturar mais "joguinhos" da parte dos supremacistas judeus, que controlam não apenas o Sistema de Reserva Federal dos Estados Unidos, mas também praticamente todos os governos do Ocidente. 

Tivessem os EUA mais Homens como Ken O'Keefe e podem todos ter a certeza de que as coisas não estariam como estão hoje em Portugal e no Mundo. 
 

quinta-feira, 22 de julho de 2021

Quem é Que Viktor Orbán Pensa Que Anda a Enganar?...

 

Andrew Anglin acerta de novo em cheio no alvo, certinho, certinho, certinho:

«I’ve said from the beginning: Viktor Orban is a shill.

He can say all he wants about faggots and hajis, but he is continuing the integration process with the EU. That means that all of his actions against the leftist agendas are without meaning, because at some point, Hungary will be completely controlled by the EU, and all his laws will just be overridden.

[...]

Orban might get away with it this time, but in the long run, he cannot.

Every year or every month, there are new processes of integration into the EU. Orban has pushed back against none of this.

The only possible European nationalist would be one that supported pulling out of the EU.

You should have guessed it when you noticed that this guy is about as well put together as Boris Johnson.»

Independentemente das políticas anti-lobby gay de Orbán - que são muito louváveis - o facto é que Viktor Orbán está "de mansinho" a desmantelar a Hungria e consequentemnte, a abrir o caminho para uma eventual integração total da Hungria no satânico "projecto europeu", que mais não é do que uma fachada para um plano muito mais profundo e sinistro, que visa a aniquilação dos povos e das nações da Europa e a sua consequente submissão total às forças da Nova Ordem Mundial

Em minha opinião e é a minha opinião, Viktor Orbán é uma marioneta do Império Anglo-Sionista e é uma marioneta que sob a capa de um pretenso "Patriotismo" e "Nacionalismo" postiços, está a abrir o caminho aos traidores e ladrões de nações, que com falinhas mansas sobre "democracia" e "direitos humanos", estão a cavar a sepultura colectiva da Europa e dos povos europeus. 

Se Viktor Orbán quer realmente ser um patriota e um nacionalista a sério, então ele tem de retirar a Hungria da União Europeia e da NATO, que são hoje as duas principais "ferramentas" de projecção de poder do Império Anglo-Sionista no Mundo. Porém, Viktor Orbán nunca vai fazer nada disto porque ele não passa - nem nunca passou - de oposição controlada, que está inteiramente sob o controlo do cartel sionista internacional, que por sua vez, tem a maioria das instituições e governos do Ocidente totalmente na mão

Sei que muitos nacionalistas não o conseguem admitir por uma questão de dogmatismo ideológico, mas é um facto que hoje, por exemplo, a Venezuela, a Bolívia e Cuba têm governos que são muito mais independentes, patrióticos e livres, do que o governo de Viktor Orbán alguma vez o será.

terça-feira, 20 de julho de 2021

A Rússia Tem Provas da Cooperação dos EUA Com o "Estado Islâmico"

 

Quem o afirma é Zamir Kabulov, o Representante Especial do Presidente da Rússia no Afeganistão:

https://en.news-front.info/2021/07/20/russian-foreign-ministry-we-have-evidence-of-us-cooperation-with-isis/

É um facto que sem o apoio crucial do Império Anglo-Sionista, já há muito que tanto a Al-Qaeda, como o auto-proclamado "Estado Islâmico", teriam sido erradicados no Médio Oriente e no Mundo. Abundam hoje as provas sobre a forma como foi Israel e a Mossad que estiveram directamente por detrás da criação do "Estado Islâmico", em conluio com vários serviços secretos ocidentais, que estão neste preciso momento a preparar a reabilitação de várias organizações terroristas na Síria e no Iraque, numa última tentativa desesperada para derrubar o governo de Bashar al-Assad. É precisamente, aliás, com este propósito em vista, que a administração Biden começou recentemente a rearmar a Al-Qaeda, tal como Obama e Trump já o haviam feito anteriormente. Esta escumalha nunca pára e claro, isto é tudo feito em nome da Deusa "democracia" e dos "valores do Ocidente" (ahahahahhahahahahha...).

O objectivo subjacente a todo este financiamento e apoio directo ao terrorismo da parte do Ocidente, é nada mais nada menos, do que levar a bom porto o infame plano Oded Yinon, que visa desestabilizar todo o Médio Oriente a favor de Israel, para que de seguida, o Estado Sionista sob o pretexto da "segurança", possa assim ter a desculpa para anexar mais territórios e consequentemente, criar o "Greater Israel". Quem tem travado esta loucura genocida até aqui, tem sido principalmente o governo de Bashar al-Assad, em aliança com a Rússia, o corajoso Hezbollah e o Irão.

Apesar de tudo isto e apesar das provas irrefutáveis que estão hoje disponíveis e que demonstram, ponto por ponto, como os EUA/NATO/UE/Israel, são directamente responsáveis pelo financiamento, armamento e treino da Al-Qaeda e do "Estado Islâmico", apesar disto repito, não se ouve um único dirigente de um partido da dita "direita anti-sistema" a denunciar publicamente esta ignomínia. O senhor André Ventura e o seu partido CHEGA, ainda recentemente entregaram no Parlamento um projecto de resolução, que visa prevenir "o radicalismo e fundamentalismo" islâmicos. Obviamente, fica patente que a defesa de Portugal do "radicalismo islâmico", é uma das grandes preocupações e bandeiras do CHEGA, no entanto, este é o mesmo CHEGA que defende simultaneamente a continuação de Portugal na NATO, na União Europeia e um "compromisso inequívoco com a defesa do Estado de Israel". Dito de outra forma, André Ventura quer combater "o radicalismo e fundamentalismo" islâmicos, aliando-se precisamente aos países e organizações que são, hoje e de longe, os maiores patrocinadores do "radicalismo e fundamentalismo" islâmicos no Mundo. Será que sou apenas eu que noto aqui uma total falta de coerência?...

Esta auto-proclamada "direita anti-sistema", como o CHEGA, que tem estado a surgir pela Europa fora nos últimos anos, é uma criação directa do próprio sistema. A Mossad tem uma mão directamente implicada na criação e orientação ideológica destes partidos, que são quase todos fanáticos defensores do Estado Sionista e de todas as estruturas de projecção de poder do Império Anglo-Sionista. A consequente diabolização do Islão faz parte do "pacote", pois há que fazer a cabeça aos goyim, no sentido de estes apoiarem os crimes sanguinários de Israel no Mundo e para que estes possam depois ir para o Médio Oriente, combater e morrer em guerras que são única e exclusivamente do interesse do Estado Sionista criado pelos Rothschild. Todavia, não contem com o "defensor inequívoco de Israel", o senhor André Ventura, para vos dizer nada disto...

P.S. - Na noite passada a aviação militar israelita voltou a bombardear Aleppo, cidade que abriga uma das maiores comunidades cristãs do Médio Oriente. Muito convenientemente, o ataque israelita foi despoletado em simultâneo com uma ofensiva de grupos ligados à Al-Qaeda contra Aleppo. O alvo do ataque terá sido alguma da infraestrutura militar-industrial da Síria, que produz muitas das munições que as Forças Armadas da Síria utilizam, para combater o terrorismo exportado pelo Ocidente. Escusado será dizer que o Eixo da Resistência não deixará este acto passar impune e podem todos ter a certeza de que Israel, com a graça de Deus, pagara "olho por olho e dente por dente" por tudo isto.

 

Como Luís Filipe Vieira Terá Desviado 2,5 Milhões do Benfica


segunda-feira, 19 de julho de 2021

Será Que o Objectivo dos EUA/NATO é Provocar Deliberadamente Uma Guerra Com a Rússia?...

 

Se não é, assim o parece e como diria Salazar, "em política, o que parece é":

https://sputniknews.com/military/202107181083408766-pentagons-top-general-warns-of-great-power-war-as-nato-launches-new-anti-russia-atlantic-command/

Sergey Lavrov, o Ministro das Relações Exteriores da Rússia, tem lançado repetidos alertas sobre a perigosidade das políticas absolutamente provocadoras e irresponsáveis, que os EUA/NATO estão a empreender nas fronteiras da Rússia e não só, em conjunto com os seus "amigos" da UE. 

A última destas provocações, que aparentemente estará ainda em fase de planeamento, é a de não reconhecer diplomaticamente o governo russo, se o partido do Presidente Putin, o Rússia Unida, voltar a vencer as eleições legislativas que estão previstas para Setembro deste ano. Claro que, a concretizar-se, um acto de tal calibre da parte da diplomacia ocidental, só demonstrará (mais uma vez...) como a classe política dos EUA/NATO, perdeu total e completamente a noção da realidade. 

As provocações militares da parte do Ocidente - que agora até se estendem ao Mar do Sul da China - as sanções económicas ilegais, a desestabilização de países, as prisões ilegais, a tortura e os assassinatos políticos, a ocupação ilegal de território e a pilhagem de recursos naturais, o genocídio, o tráfico de droga internacional (a produção de heroína multiplicou QUINZE VEZES desde que os EUA invadiram o Afeganistão!), o fomento de "revoluções coloridas" um pouco por todo o Mundo e o continuo apoio ao terrorismo na Síria, tudo isto são políticas que passaram a ser o modus operandi dos EUA/NATO/UE/Israel, ou seja, do Império Anglo-Sionista.

Democracy my ass!

Quando se chama a atenção para estes factos e para este comportamento errático e muito perigoso da parte do "Ocidente colectivo", a reacção da parte desse mesmo "Ocidente colecivo", é a de se fazer de vítima, acusar a Rússia e a China - para já não falar do "pérfido" Irão - de serem os maus da fita e continua "tudo como dantes, quartel-general em Abrantes". Os diplomatas e políticos ocidentais, sempre muito arrogantes e seguros de que os seus exércitos, são os mais poderosos da Via Láctea e que por isso mesmo podem intimidar quem quiserem, chamam a isto "política externa", eu ao invés, chamo-lhe suicídio...

A classe jornalística também não ajuda muito ou quase nada para mudar este estado de coisas e passo a recordar que ainda na semana passada, o jornal Público, deu voz a mais um tarado que decidiu acusar o Presidente Putin de ser um "incendiário global". Isto é apenas um pequeno exemplo (podia dar-vos muitos mais...), do ponto baixo e volto a insistir, extremamente perigoso, a que as relações entre a Rússia e o Ocidente chegaram hoje. 

Como não podia deixar de ser, a resposta russa a toda esta hostilidade do Ocidente, só poderia ser uma, ou seja, aproximar-se da China e transformar a China num parceiro estratégico essencial, tanto a nível económico, como também diplomático e militar. É um facto que foi o Ocidente - através do seu constante bullying - que empurrou a Rússia totalmente para os braços da China e o Presidete Xi Jinping, obviamente, não poderia estar mais feliz com isto que será, possivelmente, a maior e mais brilhante vitória diplomática da sua carreira política.

O próprio Sergey Lavrov admite e passo a citar, que a China é hoje o "principal parceiro estratégico" da Rússia no concerto das nações. As relações entre a China e a Rússia, em todas as áreas, estão hoje ao nível mais alto de sempre e as provocações da parte do Império Anglo-Sionista, para com a Rússia e a China, apenas vão fortalecer cada vez mais esta relação. Ora, será que o Ocidente, principalmente os seus diplomatas, políticos e chefes militares, conseguem compreender o significado de tudo isto?! Eu duvido, aliás, tendo em conta o ponto de decadência e podridão em que o Ocidente se deixou cair, eu até duvido seriamente que os políticos dos EUA e da UE, não sua larga maioria, tenham qualquer noção real do estado de fraqueza militar em que a NATO se encontra neste preciso momento, perante a Rússia, para já não falar da China.

Entretanto, no Portugal dos pequenitos - o Portugal muito "democrático" dos cravos murchos com cheirum a Rothschild - os idiotas de serviço, sejam eles militares, políticos ou jornalixeiros, vão continuar a fazer aquilo que os cobardes e oportunistas fazem sempre, que é o de continuarem a obedecer cegamente a todas as ordens que sejam emanadas de Washington, Londres, Berlim, Paris, Bruxelas e Telavive e depois, quando "a merda bater na ventoinha", que é o mais certo por este andar, eles vão ser os primeiros a "saltar do barco" e a desaparecer, muito à semelhança daquilo que fazem as ratazanas de esgoto em pânico. Para trás, ficará um País em ruínas e em possível guerra civil étnico-racial, graças a décadas de "migrações" artificiais e completamente descontroladas e que levará outras tantas décadas para se conseguir recompor, se é que tal ainda seja sequer possível... 


domingo, 18 de julho de 2021

David Duke - Devem os Cristãos Apoiar Israel?

 

A Disney Está a Subverter as Vossas Crianças


A Disney não era assim, porém, desde que os supremacistas judeus que controlam Hollywood tomaram conta da Disney, a mesma passou "progressivamente" a ser cada vez mais anti-família e pró-lobby gay. Aquilo que a Disney está hoje a fazer, é a subverter as vossas crianças. Isto é ponto por ponto, a agenda doentia dos judeus da Escola de Frankfurt e de partidos neo-marxistas como o Bloco de Esquerda, que estão 100% infiltrados por esta ideologia anti-natural e anti-humana. 

A escumalha que controla por completo a "Meca" do cinema sionista, não descansou enquanto não se vingou de Walt Disney e está gradualmente a destruir o legado cultural e cinematográfico que este deixou. Mas mesmo assim isto não basta para os psicopatas que tomaram conta de Hollywood, é preciso também destruir por completo o carácter de Walt Disney e é por isso que agora também o acusam de ter sido um racista e anti-semita

Não há limites para a baixaria, depravação e taradice a que esta canalha consegue chegar. Por este andar, é bem possível que em breve o clássico da Disney, A Branca de Neve e os Sete Anões, passe a ser censurado ou proibido por ser "racista", "machista" e "homofóbico" e no seu lugar teremos O Negro de Chocolate e os Sete Travecas Insaciáveis...